Cult Press 10 • Titãs no embalo popular

Com quase 2 milhões de cópias vendidas do disco Acústico e aproximadamente 200 apresentações na última turnê, os sete integrantes do Titãs parecem ter redescoberto a fórmula do sucesso. O CD Volume 2, lançado há pouco mais de um mês, já bate a casa das 400 mil cópias vendidas, marca só superada em 16 anos de estrada pelo álbum anterior, que foi produzido em conjunto com a MTV para comemorar uma década e meia do nascimento do conjunto paulistano. “Assimilamos a sonoridade acústica com o que sabemos fazer de melhor, que é rock’n roll. Esta é a fórmula do novo disco que estamos levando para o palco“, descreve o vocalista Paulo Miklos.

Com 16 faixas, o repertório do Volume 2 segue a mesma linha do Acústico, pois mistura antigos sucessos com novas composições. Os garotos gravaram velhos hits com arranjos diferentes. Caso de Sonífera Ilha, que virou um ska, Insensível, que ficou com andamento mais lento, e Não Vou Me Adaptar, agora em ritmo de balada. Mas foi a interpretação de E Preciso Saber Viver, da dupla Roberto Carlos e Erasmo Carlos, que puxa o disco. Ela foi eleita música de trabalho pela gravadora WEA e está como a mais tocadas nas rádios há mais de um mês.

A primeira vez que o grupo tocou É Preciso Saber Viver foi no especial de final de ano de Roberto Carlos para a Globo. O resultado foi tão bom que ela foi incluída no disco. “É a gente forçando os limites. Somos caóticos por natureza“, gaba-se o guitarrista Marcelo Fromer. “O nosso público tem de saber que pode ser surpreendido“, teoriza o guitarrista Toni Bellotto.

Mas embora a música tenha caído no gosto popular, o Titãs não se livraram de críticas de que estariam ficando comerciais e buscando o sucesso fácil. “Uma banda que grava Cabeça de Dinossauro e É Preciso Saber Viver não precisa provar nada a ninguém“, esnoba o baixista e vocalista Nando Reis. A inclusão da música da dupla Roberto e Erasmo e o fato da banda ter resolvido apostar num disco com os mesmos moldes do anterior – que tirou o Titãs de uma fase de baixíssimas vendagens marcada pêlos pesados Tudo Ao Mesmo Tempo Agora, de 91, Titanomaquia, de 93, e Domingo, de 96 -, também foi devido ao sucesso alcançado. Mas não apenas por isso. “Também por uma necessidade artística. Mas dificilmente vamos repetir a dose, pois a fórmula já se esgotou“, promete o tecladista Sérgio Britto.

Os músicos do Titãs reconhecem, no entanto, que o disco Acústico fez com que mudassem a concepção do CD Volume 2. Em vez de composições coletivas – que muitas vezes eram de um integrante e que todos assinavam -, cada um dos sete integrantes do grupo pôde se manifestar e o trabalho ganhou em diversidade -uma marca do grupo nos primórdios. “Agora o enfoque está muito mais nas canções do que nos arranjos“, ressalta Paulo Miklos. Mesmo assim, o grupo gravou duas músicas coletivas: Era Uma Vez e Senhora e Senhor. As faixas inéditas solitárias são Amanhã Não Se Sabe, de Sérgio Britto, Sua Impossível Chance e Eu e Ela, de Nando Reis, e Caras Como Eu, de Toni Bellotto. “Nós chegamos com as canções prontas e os arranjos adiantados no estúdio“, conta Britto.

Outra mudança no estilo do grupo ao gravar o novo CD foi convocar músicos especializados em seus instrumentos para dar uma maior musicalidade aos arranjos. O grupo Fat Family, por exemplo, foi convocado para cantar o refrão de É Preciso Saber Viver. “Não nos conhecíamos e achei átimo o trabalho deles“, elogia o guitarrista Marcelo Fromer. Além do produtor Liminha, do maestro Jacques Morelenbaum – que assina a maioria dos arranjos de cordas e metais -, do per-cussionista Ramiro Mussoto e do tecladista William Magalhães, é o gaitista Flávio Guimarães que foi o convidado que mais chamou a atenção da banda. “Ele puxou os arranjos para o blues. Estilo que nunca havíamos explorado“, confessa Britto.

* Publicado em Cult Press, da Agência Carta Z Notícias (RJ), em 17/11/98

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s