5º edição do Festival de Cinema de Campo Grande

Durante doze dias a capital de Mato Grosso do Sul vai respirar cinema. Começa dia 15, a quinta edição do Festival de Cinema de Campo Grande. Na programação, a melhor safra do cinema brasileiro de 2007. Serão exibidos seis longas-metragens, 14 curtas-metragens, além da Mostra Centro-Oeste, com exibição de 12 produções do Planalto Central. O evento ainda levanta a discussão de vários temas relevantes com a realização de debates e a presença de convidados.

No ano passado o Festival de Cinema de Campo Grande reuniu 5 mil espectadores. O evento contabiliza a generosa média de 17 mil pessoas em quatro edições. Lembrando que o curta-metragem vencedor leva para casa prêmio no valor de R$ 2,5 mil (Júri Popular e Júri Oficial), enquanto o longa-metragem mais votado R$ 5 mil (Júri Popular e Júri Oficial). O ingresso para as sessões custa R$ 10 e R$ 5 (meia).

O 5º Festival de Cinema de Campo Grande/FestCine Pantanal acontece de 15 a 27 de janeiro, no Cine Cultura, que fica na Rua Afonso Pena, 5.420, sala 24, no Pátio Avenida.

CONVIDADOS

Este ano o festival traz aproximadamente 16 profissionais ligados ao cinema. São diretores, produtores e roteiristas com quem o público presente as sessões poderá dialogar e enriquecer o conhecimento cinematográfico. Entre as presenças, estão o ator Kim Riccelli e a atriz Laís Marques no dia 15, lançamento do festival com a exibição do longa O Signo da Cidade.

No dia 19 é a vez do público conhecer o trabalho do cineasta Leopoldo Nunes com o filme O Profeta das Águas, que vem especialmente para o festival. O cineasta Tony Venturi também vai estar presente para divulgar seu filme Rita Cadilac – A Lady do Povo, ao lado da produtora Débora Duboc e da própria ex-chacrete Rita Cadilac no dia 21. Para completar, o festival traz ainda a diretora Sandra Kogut, do filme Mutum, no dia 25.

GLAUCE E GLAUBER

A musa dos anos 60 do cinema nacional, Glauce Rocha, é a homenageada desta quinta edição. A atriz, que empresta seu nome aos troféus dos vencedores do Festival de Cinema de Campo Grande, recebe uma merecida homenagem. A campo-grandense gravou seu nome na história da dramaturgia nacional com seu estilo marcante. Ela brilhou no clássico de Glauber Rocha, Terra em Transe (1967), e Os Cafajestes (1962), de Ruy Guerra.

A homenagem será no dia 24 com uma histórica exibição do polêmico e obrigatório Terra em Transe. A sessão contará com a presença da filha de Glauber, Paloma Rocha, do cineasta Joel Pizzini, um dos maiores estudiosos da obra de Glauber Rocha, além da sobrinha de Glauce, Eleonora Rocha, e outros familiares da atriz. O festival ainda exibe Anabazys – documentário de Paloma e Pizzini sobre A Idade da Terra, o último filme do baiano Glauber – no dia 23, às 21 horas.

CENTRO-OESTE

A novidade deste ano é a MOSTRA CURTA CENTRO-OESTE, com exibição de 12 produções vindas de todos os estados do Planalto Central. Representam o Mato Grosso do Sul os vídeos Caramujo-Flor (Joel Pizzini); Dois Tons (Caetano Gottardi) e Paralelos (Alexandre Basso). Do Mato Grosso vem as produções A Cilada Com Cinco Morenos (Luiz Borges); Nó-de-Rosas (Glória Albues) e Comprometendo a Atuação (Bruno Bini). Goiânia estará presente com os vídeos O Pescador de Cinema (Ângelo Lima); Resto de Sabão (Rochane Torres) e Anjo Alecrim (Viviane Louise). Do Distrito Federal serão exibidos O Último Raio de Sol (Bruno Torres); A Vida ao Lado (Gustavo Galvão) e O Perfumado (Mauro Giuntini).

De acordo com a organizadora do festival, Luana Salomão, essa mostra surgiu a partir da iniciativa dos organizadores de festivais de cinema da região. O objetivo é abrir uma janela para difusão da produção de curtas-metragens produzidos nos estados de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás e no Distrito Federal, reforça. O objetivo da mostra é o intercâmbio regional e a integração cultural do Centro-Oeste.

As sessões da Mostra acontecem nos dias 25 e 26 em duas fases, sempre às 17 horas. No primeiro dia serão exibidos os curtas de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. No dia 26 é a vez da produção de Goiás e Distrito Federal.

Dia 25
Mato Grosso do Sul: Caramujo Flor (Joel Pizzini); Dois Tons (Caetano Gottardi) e Paralelos (Alexandre Basso).

Mato Grosso: A Cilada Com Cinco Morenos (Luiz Borges); Nó-de-Rosas (Gloria Albues) e Comprometendo a Atuação (Bruno Bini).

Dia 26
Goiânia: O Pescador de Cinema (Ângelo Lima); Resto de Sabão (Rochane Torres) e Anjo Alecrim (Viviane Louise).

Distrito Federal: O Último Raio de Sol (Bruno Torres); A Vida ao Lado (Gustavo Galvão) e O Perfumado (Mauro Giuntini).

MOSTRA LONGAS

Seis filmes serão exibidos no 5º Festival de Cinema de Campo Grande dentro da Mostra Competitiva de Longas-Metragens. São eles: O Signo da Cidade, Mutum, Jogo de Cena, Rita Cadilac A Lady do Povo, Anabazys e A Via Láctea. Os gêneros são diversos, passando pelo drama, comédia, documentário e adaptação de peça de teatro. A maioria dos filmes desta quinta edição estão sendo exibidos atualmente em festivais de cinema no País e no Mundo.

O SIGNO DA CIDADE
Brasil > 95 min > Drama > 2007
Direção: Carlos Alberto Riccelli
Com Bruna Lombardi > Juca de Oliveira > Malvino Salvador > Graziella Moretto > Kim Riccelli > Luis Miranda > Sidney Santiago > Laís Marques > Rogério Brito > Marcelo Lazzaratto > Thiago Pinheiro > Bethito Tavares

> Gil está casado e só. Lydia flerta com o perigo. Josialdo nasceu para ser mulher. Mônica só quer se dar bem. No programa noturno de rádio em que atende ouvintes anônimos, a astróloga Teca se vê entre os anseios dos outros e seus próprios problemas. Aos poucos, o destino enreda a todos numa única teia. Na luta para romper o isolamento e achar o rumo da redenção, eles vão descobrir o poder transformador da solidariedade.

SESSÕES: 15.01 às 20 horas (somente para convidados)
Presença do ator Kim Riccelli e da atriz Laís Marques
16.01 às 17 h e 21 horas I 17.01 às 19 horas I 18.01 às 19 horas

MUTUM
Brasil > 95 min > Drama > 2007
Direção: Sandra Kogut
Com Thiago da Silva Mariz > Wallison Felipe Leal Barroso > Maria Juliana Souza de Oliveira > Brenda Luana Rodrigues Lima > João Vitor Leal Barroso > João Miguel > Izadora Fernandes > Rômulo Braga > Paula Regina Sampaio da Silva > Maria das Graças Leal Macedo

> Mutum é um lugar isolado no sertão de Minas Gerais, onde se passa a história do menino Thiago e sua família. O filme mostra, sob o olhar infantil de Thiago, o mundo nebuloso dos adultos, com suas traições, violências e silêncios. O filme é baseado na obra Campo Geral, de João Guimarães Rosa.

SESSÕES: 17.01 e 18.01 às 21 horas I 19.01 às 17 horas I 20.01 às 21 horas.

JOGO DE CENA
Brasil > 105 min > Documentário > 2007
Direção: Eduardo Coutinho

> Atendendo a um anúncio de jornal, 83 mulheres contaram suas histórias de vida num estúdio. Em junho de 2006, 23 delas foram selecionadas e filmadas no Teatro Glauce Rocha, no Rio de Janeiro. Em setembro do mesmo ano, atrizes interpretaram, ao seu modo, as histórias contadas pelas personagens escolhidas.

SESSÕES: 19.01 às 21 horas | 20.01 às 19 horas I 21.01 às 19 horas I 22.01 às 21 horas

RITA CADILLAC – A LADY DO POVO
Brasil > 75 min > Documentário > 2007
Direção: Toni Venturi
Com Rita Cadilac > Toni Venturi > Rogéria > Dráuzio Varella > Hector Babenco > Djalma Limonge Batista

> Rainha dos caminhoneiros, garimpeiros e madrinha dos presidiários. O documentário revela os momentos mais importantes da vida e da carreira da vedete, através de depoimentos e imagens inéditas, resgatando um rico material de arquivo, desde os anos de dançarina no O Cassino do Chacrinha, o mais popular programa de televisão dos anos 80, até os filmes pornográficos atuais. O filme contrapõe a imagem midiática do símbolo sexual brasileiro com o lado caseiro e cotidiano, numa reflexão sobre a linha que separa o personagem e a pessoa, a celebridade e a mulher falível.

SESSÕES: 21.01 às 21 horas
Presença confirmada do diretor Toni Venturi, da produtora Débora Duboc e da protagonista, Rita Cadilac
22.01 às 17 horas I 23.01 e 24.01 às 19 horas

ANABAZYS
Brasil > 142 min > Documentário > 2007
Direção: Paloma Rocha e Joel Pizzini
Com Glauber Rocha (arquivo), Tarcísio Meira, Norma Bengell, Ana Maria Magalhães, Jece Valadão, Orlando Senna, Oliveira Bastos, Tetê Catalão, Carlos Castelo Branco, Ismail Xavier, Antônio Pitanga e Caco Caetano.

> O documentário Anabazys (Ascensão, em grego) é um inventário sobre a gênese de A Idade da Terra, de Glauber Rocha. O título faz alusão ao nome dado pelo autor a uma das primeiras versões de seu roteiro original. A produção é composta por treze blocos autônomos que abordam desde a concepção, interpretação, figurino, trilha sonora, até a polêmica provocada durante a exibição em Veneza. O filme busca recriar a memória em torno da produção como forma de amplificar a percepção do “cinema espacial” de Glauber.

SESSÕES: 23.01 às 21 horas
Presença confirmada dos cineastas Paloma Rocha e Joel Pizzini
25.01 às 19 horas I 26.01 às 21 horas I 27.01 às 17 horas

A VIA LÁCTEA
Brasil > 88 min > Drama > 2007
Direção: Lina Chamie
Com Marco Ricca > Alice Braga > Fernando Alves Pinto

> Heitor (Marco Ricca) e Júlia (Alice Braga) namoram há algum
tempo. Após terem uma discussão violenta ao telefone, Heitor decide pegar o carro e encontrá-la em sua casa, para resolver a situação. Através de sua viagem pelas ruas engarrafadas de São Paulo ele passa a analisar as possibilidades do amor, perda e morte em um grande centro urbano.

SESSÕES: 25.01 às 21 horas
Presença de Marco Rica
26.01 às 19 horas I 27.01 às 15 e às 19 horas.

MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS-METRAGENS

Confira abaixo a relação dos 14 curtas selecionados para o festival, com data e horário de exibição.

PROGRAMA 1 – Dia 16 às 19 horas I Dia 17 às 17 horas I Dia 18 às 17 horas

01 CAFÉ COM LEITE I 18 min I Ficção I SP
Direção: Daniel Ribeiro

02 SALIVA I 15 min I Ficção I SP
Direção: Esmir Filho

03 COMPROMETENDO A ATUAÇÃO I 17 min I Ficção I MT
Direção: Bruno Bini

04 BALADA DAS DUAS MOCINHAS DE BOTAFOGO I 14 min I Ficção I RJ I Direção: Fernando Valle e João Caetano Feyer

05 PARALELOS I 15 min I Ficção I MS
Direção: Alexandre Basso

PROGRAMA 2 – Dia 19 às 19 horas I Dia 20 às 17 horas I Dia 21 às 17 horas

06 OS CAUSOS: UMA POÉTICA PANTANEIRA I Documentário I MS
Direção: Ricardo Pieretti Câmara e Alexandre Spengler

07 ELKE I 14 min I Documentário I SP
Direção: Julia Salles de Rezende

08 RUA DAS TULIPAS I 1 min7seg I Animação I DF
Direção: Mário Augusto L. de Andrade

09 ESCONDE-ESCONDE I 15 min I Ficção I RJ
Direção: Alexandre Augusto S. Barreiro

PROGRAMA 3 – Dia 22 às 19 horas I Dia 23 às 17 horas I Dia 24 às 17 horas

10 ESPALHADAS PELO AR I 15 min I Drama I SP
Direção: Vera Egito

11 HIBAKUSHA: HERDEIROS ATÔMICOS NO BRASIL I 16 min I Ficção I SP
Direção: Maurício Kinoshita e Caetano Gottardi

12 GALINHA AO MOLHO PARDO I 10 min I Ficção I MG
Direção: Feliciano H. Machado Coelho

13 PIRUETAS I 14 min I Ficção I BA
Direção: Haroldo Borges Brasil

14 QUANDO O TEMPO CAIR I 16 min I Drama I RJ
Direção: Selton Mello e Adriano Lírio

Um pensamento sobre “5º edição do Festival de Cinema de Campo Grande

  1. Pingback: Matula Cultural/Top 20 « Matulacultural’s Weblog

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s